Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Atitude saudável
01/04/2019 Outono: doenças respiratórias e alergias são mais comuns na estação

O outono começou oficialmente no dia 20 de março. Como estação de transição entre o verão e o inverno, ela mescla características dos dois e, embora ainda possa haver calor, traz a esperança de temperaturas mais amenas. Mas se a nova estação pode trazer alívio quanto ao calor, pode representar também o surgimento ou o agravamento de doenças respiratórias e alergias.

Outono: doenças respiratórias e alergias são mais comuns na estação

Uma das razões para isso é a queda da umidade relativa do ar. Nesta época do ano, pessoas com doenças crônicas relacionadas ao tabagismo, por exemplo, costumam sofrer mais. Outros exemplos são os que convivem com asma e rinites, pois a poluição do ar fica agravada no outono. Mas a boa notícia é que é possível diminuir os sintomas e até prevenir as doenças respiratórias e as alergias.

Como o clima fica propício para a transmissão de vírus e para a proliferação de fungos e bactérias, a primeira dica é evitar aglomerações. Além disso, recomenda-se evitar ficar em ambientes muito fechados. Aqueles que têm uma patologia, como os asmáticos, precisam usar a medicação adequada e de forma correta, sem sessar. No caso das viroses, a maioria pode ser evitada com vacinação, inclusive oferecida pelo SUS, especialmente para os doentes crônicos.

Não se automedicar é outra dica relevante. Em casos de sintomas ligados a estas doenças, o melhor é procurar um posto de saúde para investigar a situação. Só um profissional de saúde pode indicar a melhor medicação e a dose adequada tanto para doenças respiratórias, quanto para alergias e viroses.

Fonte: Ministério da Saúde

continue lendo
Telefones úteis