Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Atitude saudável
26/04/2019 Dia de Prevenção e Combate a Hipertensão Arterial

A Hipertensão Arterial é uma doença crônica que se caracteriza por níveis altos de pressão nos vasos sanguíneos, acontece quando os níveis tensionais ultrapassam os 140X90 mmHg (14x9) e não tem cura. A pressão alta obriga ao coração fazer um esforço maior para distribuir o sangue corretamente por todo o corpo e pode ser um dos principais fatores de risco para outras doenças circulatórias como enfarte, acidente vascular cerebral, aneurisma, insuficiência cardíaca e renal.

Dia de Prevenção e combate a Hipertensão Arterial

Acomete em torno de 25% da população brasileira segundo o Ministério da Saúde, com inicio insidioso e discreto entre outros sintomas, queixas como dores na nuca ou peito, tonturas, vertigens, zumbido, sangramento nasal quando aparecem traduzem níveis de pressão alto e constantes. Dados demonstram que atingem mais os afrodescendentes, diabéticos e aumenta com a idade. Pode levar à morte prematura ou deixar sequelas que comprometem a qualidade de vida dos doentes. Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde realizada em 2013, no estado do Rio de Janeiro, estima-se que 23,9% de pessoas com 18 anos e mais apresentam diagnóstico médico de Hipertensão Arterial.

Dia de Prevenção e combate a Hipertensão Arterial

É necessário conscientizar a população sobre os riscos e os cuidados básicos para sua prevenção ou controle e com esse objetivo o Ministério da Saúde elegeu o dia 26 de abril como Dia Nacional de Combate e Prevenção da Hipertensão. Nessa data vários setores da saúde fazem campanhas que ajudam à população a entender, combater e prevenir as consequências dessa popularmente conhecida como “assassina silenciosa”.

Apesar de a hipertensão arterial ter um componente genético, os hábitos de vida influenciam diretamente no seu aparecimento como: alimentação inadequada com consumo de alimentos ultraprocessados (são os que possuem alto teores de gordura, açúcar e sal), sobrepeso ou obesidade, tabagismo, uso abusivo de álcool e sedentarismo. Reduzir o consumo excessivo de sal e utilizar mais temperos frescos no dia a dia como: salsa, cebolinha, coentro, cebola, alho é uma forma de deixar as refeições saborosas e de prevenção da hipertensão.

Além da necessidade de adotar um estilo de vida mais saudável, todas as pessoas acima de 18 anos devem medir seus níveis tensionais pelo menos uma vez ao ano, e aqueles que possuem parentes com esse problema, devem fazer esse controle pelo menos duas ou três vezes no ano.

As Unidades Básicas de Saúde oferecem várias atividades de promoção da saúde como, palestras e rodas de conversa sobre hábitos alimentares saudáveis, os benefícios da atividade física diária, como prevenir o uso contínuo e o abuso de bebidas alcoólicas, principalmente por adolescentes e jovens adultos, e como controlar e cessar o tabagismo. O Sistema Único de Saúde (SUS) também oferece diferentes níveis de atenção e cuidado aos portares de hipertensão arterial, mas prevenir ainda é o melhor remédio.

continue lendo
Telefones úteis