Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Atitude saudável
03/12/2018 Dezembro laranja: se exponha, mas não se queime

Um país com menos casos de câncer de pele. Esta é a meta da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Mas para que a redução da incidência da doença e sua mortalidade seja uma meta alcançável informação e conscientização são fundamentais. Sabendo e apostando nisso, a SBD realiza, pelo quinto ano consecutivo, a campanha Dezembro Laranja.

Dezembro laranja: se exponha, mas não se queime

O Dezembro laranja, que conta com o apoio do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Médica Brasileira (AMB), tem o objetivo de alertar a população sobre prevenção, diagnóstico e acesso ao tratamento da doença no Brasil. Neste ano, a campanha dá continuidade ao tema “Se exponha, mas não se queime”, cativando o interesse da população ao fazer um trocadilho entre a exposição solar e a exposição nas redes sociais.

A primeira ação que assume maior relevância na campanha Dezembro Laranja ocorrerá no dia 1º de dezembro, quando cerca de quatro mil médicos dermatologistas e voluntários somarão forças para a prestação de atendimento e esclarecimento quanto à importância de adotar medidas preventivas. As consultas serão realizadas gratuitamente em 132 postos de atendimento em diversos estados. Mas as ações, apesar da campanha trazer dezembro no mês, não ficará restrita a um mês. Até março de 2019, ou seja, durante todo o verão, serão promovidas ações e atividades de informação na internet, ruas, praias e parques.

Prevenção

As recomendações básicas da SBD incluem a adoção de medidas fotoprotetoras, como evitar os horários de maior incidência solar (das 10h às 16h); utilizar chapéus de abas largas, óculos de sol com proteção UV e roupas que cubram boa parte do corpo; procurar locais de sombra, bem como manter uma boa hidratação corporal. A sociedade médica também orienta para o uso diário de protetor solar com fator de proteção de no mínimo 30, que deve ser reaplicado a intervalos de duas a três horas, ou após longos períodos de imersão na água.

Casos no Brasil

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), 30% de todos os tumores malignos do Brasil correspondem ao câncer da pele. Para o biênio 2018/2019, a estimativa é de 165.580 mil novos casos de câncer da pele não melanoma. Um dado novo desse período é que, em relação à última estimativa do Inca (2016/2017), a doença acometerá mais homens (85.170 mil) do que mulheres (80.410 mil). Outra notícia é sobre a estimativa de novas ocorrências de câncer da pele não melanoma ter diminuído em 10 mil casos de um biênio para o outro.

Para conferir os locais em que ocorrerá o Mutirão de Prevenção ao Câncer da Pele, com exame preventivo gratuito, no dia 1º de dezembro, acesse: http://www.sbd.org.br/dezembroLaranja/exame-preventivo-gratuito/.

Para mais informações sobre o Dezembro Laranja, acesse: www.dezembrolaranja.com.br.

continue lendo
Telefones úteis