Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Alimentação
15/10/2018 Dicas de alimentação para ter um coração saudável

Você já ouviu falar em alimentação cardioprotetora? A Dieta Cardioprotetora Brasileira (Dica BR) propõe uma alimentação saudável e adequada para prevenir doenças do coração. Desenvolvida pelo Ministério da Saúde em parceria com o Hospital do Coração (HCOR), traz alimentos separados por grupos com as cores da bandeira do Brasil. De forma lúdica e simplificada, separa os alimentos ao mesmo tempo que ressalta a cultura alimentar brasileira.

Dicas de alimentação para ter um coração saudável

A Dica BR pode ser adotada por qualquer pessoa, mas é mais indicada para grupos específicos. Já que ela é recomendada para prevenir que uma pessoa que tenha um fator de risco (obesidade, hipertensão, diabetes e dislipidemias) não venha a desenvolver uma doença cardiovascular. Ela também é indicada para quem já tem doenças do coração.

Na prática, o prato da refeição de cada dia deve seguir a mesma lógica da bandeira brasileira: a maior área deve ser ocupada por alimentos do grupo verde, seguido pelos grupos amarelo e azul. Já o grupo vermelho, que inclui os alimentos ultraprocessados, deve ser expressamente evitado.

Confira os alimentos de cada grupo:

Grupo verde

• Verduras (alface, repolho, couve, brócolis, espinafre, agrião)

• Frutas (banana, abacaxi, maçã, uva, limão, manga, morango, mexerica, laranja)

• Legumes (cenoura, tomate, chuchu, maxixe, abóbora, beterraba, abobrinha, berinjela)

• Leguminosas (feijão, soja, ervilha, lentilha)

• Leite e iogurtes sem gordura (desnatados ou semidesnatados)

Grupo amarelo

• Pães (francês, caseiro, de cará, integral)

• Cereais (arroz branco e integral, aveia, granola, linhaça)

• Macarrão

• Tubérculos cozidos (batata, mandioca, mandioquinha, inhame, cará)

• Farinhas (mandioca, tapioca, milho, rosca)

• Oleaginosas (castanha-do-Brasil/Pará, caju, nozes)

• Óleos vegetais (soja, milho, azeite)

• Mel, goiabada, doce de abóbora, cocada, geleia de frutas

Grupo azul

• Carnes (de boi, porco, frango e peixe)

• Queijos brancos e amarelos

• Ovos

• Manteiga

• Doces caseiros (pudim, bolos, tortas, mousses)

• Leite condensado

• Creme de leite

Grupo vermelho

• Macarrão instantâneo

• Salgadinhos de pacote

• Biscoitos e bolachas

• Embutidos (presunto, mortadela, salame)

• Sucos industrializados (em pó ou em caixinha)

• Refrigerantes

• Linguiça e salsicha

• Nuggets, hambúrguer congelado

• Achocolatado em pó

• Refeições congeladas industrializadas (ex: lasanha)

• Molhos industrializados (ketchup e mostarda)

• Sorvete (massa ou picolé)

• Farinha láctea

Orientações para hipertensos, diabéticos, obesos e pessoas com colesterol alto

Os indivíduos que possuem algum fator de risco para doenças do coração necessitam de orientações nutricionais especiais. De acordo com a especialista do Hospital do Coração, são elas:

- Aos hipertensos, recomenda-se controle da ingestão de sódio, presente no sal adicionado aos alimentos e nos alimentos processados e ultraprocessados. Também é importante que consumam maior quantidade de frutas, verduras e legumes, aumentando o aporte de potássio. Com isso, a pressão arterial será melhor controlada.

- Os diabéticos tipo 2 necessitam controlar a ingestão do açúcar, principalmente na forma de sacarose. Por isso, devem evitar o açúcar branco, inclusive incorporado nas preparações culinárias, como bolos, tortas e doces caseiros.

- Indivíduos com excesso de peso precisam encontrar o balanço energético consumindo a quantidade de alimentos e calorias adequadas para o funcionamento do corpo e realização das atividades diárias.

- Quem está com colesterol alto, ou seja, os dislipidêmicos, precisam evitar principalmente o consumo de gordura saturada e trans. A gordura saturada está presente nas carnes, pele do frango, queijo, entre outros. A gordura trans está em produtos industrializados como bolachas recheadas, biscoitos, sorvetes, creme de padaria, entre outros.

continue lendo
Telefones úteis