Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Alimentação
16/04/2018 Bons hábitos e planejamento ajudam na alimentação saudável

Manter bons hábitos, com uma alimentação balanceada e equilibrada. Este, você sabe, é um importante caminho para cuidar da saúde. Mas como manter isso em meio a uma rotina muitas vezes corrida? A resposta é: planejamento.

Bons hábitos e planejamento ajudam na alimentação saudável

Quando se planeja o cardápio com antecedência, se consegue escolher melhor os alimentos, privilegiando os mais saudáveis e deixando de lado os que são ultraprocessados e ricos em gorduras, sódio e açúcar. Ou seja, para manter bons hábitos alimentares é preciso planejar as refeições, desde a compra na feira ou no supermercado até o consumo do alimento ou da preparação culinária, facilita a disponibilidade e a ingestão de alimentos saudáveis.

Neste planejamento é preciso levar em conta as necessidades alimentares especiais de cada pessoa, sem deixar de lado características da cultura alimentar. Além disso, é preciso ser harmônica em quantidade e qualidade e atender aos princípios da variedade, equilíbrio, moderação e prazer.

Outro aspecto importante é que o hábito de planejar o momento da refeição faz com que as pessoas estreitem os laços entre elas e ainda faz com que observem melhor o que consomem. Ao se sentar junto à mesa, se observa mais o que se come e, a partir da observação, se melhora a qualidade de vida como um todo.

Então, se você tem habilidades culinárias, procure desenvolvê-las e partilhá-las, principalmente com crianças e jovens, sem distinção de gênero. Se você não tem, procure adquiri-las conversando com as pessoas que sabem cozinhar, consultado receitas de amigos livros e na internet e, eventualmente, se for possível, até fazendo cursos.

O segredo é começar a cozinhar. A dica é tratar a alimentação como os outros hábitos. Ninguém deixa de tomar banho ou escovar os dentes. É preciso separar um tempo para preparar a alimentação, dando o ponto de destaque que ela merece. Aí, voltamos ao início do texto... Mas como fazer isso na correria do dia a dia?

Planeje as compras de alimentos, organize a despensa doméstica e defina com antecedência o cardápio da semana. Divida com os membros de sua família a responsabilidade por todas as atividades domésticas relacionadas ao preparo de refeições. Faça da preparação de refeições e do ato de comer momentos privilegiados de convivência e prazer. Reavalie como você tem usado o seu tempo e identifique quais atividades poderiam ceder espaço para a alimentação.

continue lendo
Telefones úteis