Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Setores da Saúde
Vigilância em Saúde
Vigilância Sanitária
Notícias
Vigilância Sanitária
Notícias
11/12/2018 A Anvisa lança novo sistema eletrônico de notificações de eventos adversos voluntárias relacionados ao uso de medicamentos e vacinas.

A Anvisa lançou no dia 10 de dezembro novo sistema eletrônico para a notificação de eventos adversos relacionados ao uso de medicamentos e vacinas. É o VigiMed, uma versão adaptada do sistema VigiFlow, oferecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) aos Centros Nacionais que fazem parte do Programa Internacional para o Monitoramento de Medicamentos da OMS.

Todas as notificações de eventos adversos do VigiMed no Brasil serão cadastradas automaticamente no banco de dados nacional, e posteriormente enviadas ao banco da OMS, respeitando as determinações da Lei 13.709/2018, que dispõe sobre a proteção de dados pessoais. O acesso as notificações só são acessadas pela Anvisa e pelos técnicos das Vigilâncias Sanitárias estaduais e municipais, e próprio notificante.

Entre as vantagens do novo sistema estão a maior estabilidade, a captura simples e rápida de informações e a disponibilização de funcionalidades mais modernas para avaliação das notificações pela farmacovigilância, melhorando assim sua eficiência no Brasil. O VigiMed agregará as informações recebidas ao sistema VigFlow da OMS visando um monitoramento mundial.

O que pode ser considerado evento adverso?

Qualquer ocorrência médica indesejável devido ao uso de medicamentos, tais como:

• Reações adversas ou nocivas;
• Erros na administração do medicamento;
• Uso abusivo;
• Ausência ou redução do efeito esperado (ineficácias terapêuticas);
• Uso com finalidade diferente do indicado na bula;
• Reações causadas por medicamentos utilizados.

Como acessar o VigiMed?

Ao acessar o site da Anvisa para notificar eventos adversos de medicamentos e vacinas, o usuário será automaticamente redirecionado para a página do VigiMed.

A transição entre os sistemas Notivisa e VigiMed ocorrerá de forma gradual, já que, inicialmente, as páginas dos dois sistemas estarão vinculadas.

As demais notificações referentes a outras situações continuarão utilizando o sistema NOTIVISA, entre as quais:

• Notificação de queixa técnica - produto (todos listados acima, exceto sangue e componentes) com suspeita
de desvio da qualidade, produto com suspeita de estar sem registro, suspeita de produto falsificado e suspeita
de empresa sem autorização de funcionamento (AFE);

• Evento adverso decorrente do uso de um produto cosmético e saneantes;

 

Para saber mais sobre o VigiMed e o VigFlow acesse os endereços eletrônicos abaixo:

VigiMed

VigFlow

Telefones úteis