Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Setores da Saúde
Vigilância em Saúde
Vigilância Sanitária
Notícias
Vigilância Sanitária
Notícias
01/12/2017 SUVISA Participa de Seminário sobre Produtos Derivados ou Não do Tabaco Evento promovido pela ANVISA ocorreu em Brasília nos dias, 28 e 29 de novembro

Ocorreu em Brasília, promovido pela Gerência-Geral de Registro e Fiscalização de Produtos Fumígenos Derivados ou Não do. Tabaco – GGTAB, da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária-ANVISA, nos dias 28 e 29 de novembro, Seminário Nacional de Produtos Fumígenos Derivados ou Não do Tabaco. O Objetivo do Seminário foi de estreitar os laços entre a Agência e os técnicos de vigilância sanitária Estaduais e Municipais, promover a troca de experiências no desenvolvimento de ações tanto de fiscalização em ambientes quanto de ações educativas e de conscientização sobre os malefícios do uso desses produtos.

Durante a realização do evento foi lançado o Guia para o Profissional do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária- Controle de Produtos Derivados do Tabaco, uma produção do FIOCRUZ/ENSP/EAD, que gentilmente foi disponibilizado para os profissionais de Vigilância Sanitária dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro, também em formato PDF, para download, estando o mesmo na área restrita para as Visas Municipais.

© SUVISA

No Brasil, dados de estudos sobre o impacto econômico do tabagismo, apontam que no ano de 2011 foram gastos pelo SUS R$ 23 bilhões com o tratamento de 50 tipos de doenças tabaco relacionadas. Esses custos abrangem o tratamento de pessoas que fazem uso de produtos fumígenos e em fumantes passivos, que são as pessoas que ficam expostas à fumaça exalada pelos fumantes e pela queima de produtos fumígenos, é a chamada poluição tabagística ambiental-PTA.

Estratégias para vigilância e monitoramento do consumo de produtos de tabaco são ações relevantes para o controle do tabaco, e estão previstas pelo artigo 20 da Convenção-Quadro da Organização Mundial da Saúde para o Controle do Tabaco -CQCT/OMS, que é o primeiro tratado internacional de saúde pública da história da Organização Mundial da Saúde-OMS.

 O objetivo da Convenção-Quadro é "proteger as gerações presentes e futuras das devastadoras consequências sanitárias, sociais, ambientais e econômicas geradas pelo consumo e pela exposição à fumaça do tabaco" (artigo 3º).

 

O Brasil é reconhecido internacionalmente pela sua liderança no controle do tabagismo. Coordenou o processo de elaboração da Convenção-Quadro durante os anos de 1999 e 2003, tendo ratificado a adesão à CQCT em 27 de outubro de 2005, e hoje está à frente do Secretariado da Convenção-Quadro da Organização Mundial da Saúde .

 

Para saber mais:

 

http://portal.anvisa.gov.br/web/guest/tabaco

 

http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/observatorio_controle_tabaco/site/home/dados_numeros/prevalencia-de-tabagismo

 

 

 

Telefones úteis