Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Panorama SRAG: Estado do Rio segue em alerta com aumento na solicitação de leitos para crianças e idosos com síndromes respiratórias graves 18/06/2024 Panorama SRAG: Estado do Rio segue em alerta com aumento na solicitação de leitos para crianças e idosos com síndromes respiratórias graves Análise considerou as Semanas Epidemiológicas 21 a 23, que correspondem ao período de 19 de maio a 8 de junho

A sexta edição do Panorama de Síndrome Respiratória Aguda Grave e Vírus Respiratórios (Panorama SRAG), divulgado hoje (18/06) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ), destaca que houve aumento na solicitação de leitos de internação para crianças de até quatro anos. A análise levou em consideração as Semanas Epidemiológicas (SE) 21 a 23, que correspondem ao período de 19 de maio a 8 de junho. Os dados constam no Painel de Indicadores Precoces, disponível no site da Secretaria de Estado de Saúde, no link https://cisshiny.saude.rj.gov.br/painel_srag/.

Na faixa etária até 4 anos, foram feitas 111 solicitações na SE 21, 109 na SE 22 e 207 na SE 23. Para idosos com 80 anos ou mais, também houve crescimento no número de solicitações de leitos: de 47 na SE 21, os pedidos oscilaram para 45 na SE 22, e chegaram a 126 na SE 23.

“O aumento no número de solicitações de leitos para crianças e idosos causa preocupação a todos nós. Este período do ano é muito caracterizado pelo crescimento de síndromes respiratórias. Por isso, a atenção precisa continuar redobrada. Em caso de sintomas como febre persistente e dificuldade para respirar, reforçamos a necessidade de procurar uma unidade de atendimento imediatamente”, ressalta Claudia Mello, secretária de estado de Saúde do Rio de Janeiro.

A análise feita pela equipe de Vigilância do Centro de Inteligência em Saúde da SES-RJ utiliza um modelo estatístico chamado “nowcasting”, que também considera os casos com atraso de notificação para estimar o total esperado para determinado período. A estimativa do nowcasting para a semana epidemiológica (SE) 21 foi de 482 casos, com 351 já registrados no sistema; para a SE 22, a estimativa foi de 450 casos, com 243 já registrados; para a SE 23, o modelo apontou 464 casos estimados, sendo que 219 já foram registrados.


Vírus Sincicial Respiratório permanece com predominância em crianças e idosos

O Panorama SRAG também analisa os tipos de vírus que predominam nas diversas faixas etárias dos pacientes internados e as solicitações de leitos feitas por meio do Sistema Estadual de Regulação.

As crianças com idade até 4 anos seguem como a faixa etária com maior número de internações. Nessa faixa, segundo dados do Painel Viral do LACEN-RJ, os principais agentes infecciosos são o Vírus Sincicial Respiratório, um dos causadores da bronquiolite (48,48%), e o Rinovírus (24,85%).

O percentual de internações por SRAG na faixa etária de 80 anos ou mais permaneceu estável, mantendo o padrão das últimas semanas, com os vírus Influenza do tipo A (8,96%) e o Vírus Sincicial Respiratório (16,57%) como principais causadores.

O Panorama SRAG utiliza três sistemas como fonte de dados: o Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe), o Sistema Estadual de Regulação (SER) e o Sistema de Informação de Gerenciamento de Amostra Laboratorial (GAL), no qual são registrados os resultados dos exames feitos pelo LACEN-RJ, laboratório estadual de referência.

Telefones úteis