Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Máquinas de teste rápido molecular facilitam diagnóstico de tuberculose no estado 05/10/2023 Máquinas de teste rápido molecular facilitam diagnóstico de tuberculose no estado Sete municípios do RJ receberam os reparos do maquinário responsável por um diagnóstico mais assertivo da doença

A SES-RJ finalizou em agosto, através da Gerência de Tuberculose da Vigilância Epidemiológica e Ambiental, a manutenção de 10 equipamentos de Teste Rápido Molecular de Tuberculose (TRM-TB), nos municípios de Belford Roxo (1 máquina), Duque de Caxias (1), Magé (1), Nova Iguaçu (2), Rio de Janeiro (3), São Gonçalo (1) e São João de Meriti (1).

Esses equipamentos vêm sendo utilizados desde 2014 no Brasil e o estado do Rio possui atualmente 34 máquinas, todas doadas desde aquele ano pelo Ministério da Saúde, que custeou a manutenção preventiva por três anos. Após o término dessa cobertura, 10 das máquinas citadas ficaram sem assistência especializada, comprometendo a capacidade total de oferta do teste.

O financiamento desse serviço foi possível graças à cooperação firmada entre a SES-RJ, Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), com recursos cedidos pela parceria com a Assembleia Legislativa (ALERJ). As outras 24 máquinas do estado estão funcionando em sua capacidade plena, com manutenção própria.

O equipamento de Teste Rápido Molecular revolucionou o tratamento da tuberculose ao providenciar o diagnóstico mais rápido e exato, detectando, simultaneamente, a doença e a resistência à rifampicina, um dos medicamentos usados no tratamento da tuberculose.

Segundo a coordenadora do projeto, gerente de Tuberculose da SES-RJ, Marneili Martins, essa manutenção é fundamental para melhorar o diagnóstico da doença.

“A manutenção possibilitou recuperar a capacidade plena desses equipamentos e qualificar o diagnóstico de tuberculose no estado”.

Telefones úteis