Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
 Secretaria de Saúde alerta para importância da adesão à Campanha Nacional contra a Gripe 29/04/2022 Secretaria de Saúde alerta para importância da adesão à Campanha Nacional contra a Gripe
Primeira etapa da campanha entra na última semana e menos de 10% do público-alvo foi imunizado

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra, na próxima segunda-feira (02.05), na sua segunda etapa, estendendo a imunização a crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, pessoas com comorbidades, entre outros grupos. Neste sábado (30.04), quando ocorre em todo o estado o Dia D de vacinação, os postos estarão abertos para receber, alem das crianças, os maiores de 60 anos e os trabalhadores da saúde, grupos que seguem com baixa adesão à campanha.

Apesar de a vacina contra gripe estar disponível para idosos e profissionais de saúde há mais de 20 dias, até o momento, apenas 9,95% deste público-alvo foi imunizado no estado do Rio de Janeiro. Por isso, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) faz um alerta sobre a importância de o público prioritário procurar os postos de saúde o quanto antes. A primeira fase da campanha teve início no último dia 4 e vai até este sábado (30.04), quando 3,5 milhões de pessoas com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde já deveriam estar vacinados.

- É extremamente importante que a população tenha consciência de que as vacinas protegem. Em dezembro, com a circulação de um novo subtipo do vírus influenza e a baixa cobertura vacinal, tivemos um surto de gripe. Isso ocorreu, entre outras coisas, porque muita gente deixou de se imunizar devido à Covid-19. Faço um apelo para que o público prioritário procure os postos de saúde – afirmou o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

A expectativa da campanha deste ano é imunizar 90% de todo o público-alvo, que corresponde a 6,6 milhões de pessoas. Até a última segunda-feira (25.04), 352.807 pessoas, sendo 54.217 trabalhadores da saúde e 298.590 idosos foram vacinados contra influenza. O dado representa 9,97% das pessoas com mais de 60 anos e 9,94%% dos profissionais da saúde.

- Embora as doses aplicadas não sejam registradas imediatamente no sistema pelos municípios, acreditamos que os números ainda estão muito abaixo do esperado. Por isso, precisamos da adesão do público prioritário para que possamos alcançar uma cobertura vacinal adequada – esclareceu Chieppe.

A segunda etapa da campanha, que começa na próxima segunda-feira (02.05), vai até 3 de junho. A nova fase inclui crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, professores, pessoas com comorbidades e deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas. É necessário verificar o calendário organizado pelo município de residência.

No dia 30 de abril, quando acontece o Dia D de vacinação, serão imunizadas crianças de 6 meses a menores de 5 anos, idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde.

Sarampo - Paralelamente à vacinação contra a gripe, em todo o estado do Rio está sendo realizada a campanha de imunização contra o sarampo para crianças de 6 meses a menores de 5 anos e trabalhadores da saúde. Na primeira etapa, que vai até o dia 2 de maio, serão vacinados os trabalhadores da saúde. Já na segunda fase, de 3 de maio a 3 de junho, serão contempladas as crianças de 6 meses a menores de 5 anos. A vacina pode ser aplicada de maneira simultânea com a dose contra a gripe.

Telefones úteis