Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Estado do Rio registra 1.939 casos de tuberculose em Pessoas em Situação de Rua 09/12/2021 Estado do Rio registra 1.939 casos de tuberculose em Pessoas em Situação de Rua A Região Metropolitana I é a mais atingida em número de casos

 A Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ) divulgou, nesta quarta-feira (8/12), o Boletim Epidemiológico “Tuberculose na População em Situação de Rua”. De 2016 a 2019, foram registrados 1.939 casos de tuberculose neste grupo populacional, em todo o Estado do Rio de Janeiro. Os maiores casos foram registrados na Região Metropolitana I composta por Belford Roxo; Duque de Caxias; Itaguaí; Japeri; Nova Iguaçu; São João de Meriti e Rio de Janeiro.

Boletim Tuberculose

- Este estudo busca dar visibilidade a práticas de cuidado junto a esta população, considerada de grande vulnerabilidade para o adoecimento da tuberculose. Espera-se promover uma reflexão para qualificar a atenção e garantir direitos que, frequentemente, lhes são negados – destacou a técnica da Gerência de Tuberculose da SES-RJ, Regina Zuim.

A tuberculose é uma doença infecciosa causada pelo bacilo Mycobacterium tuberculosis, que atinge principalmente os pulmões. A tuberculose pulmonar é a forma clínica mais frequente, transmitida através de gotículas de saliva que ficam em suspensão no ar, a partir de um indivíduo doente, quando este espirra, canta, fala, ri e, principalmente, quando tosse.

Os principais sintomas são tosse com ou sem secreção, febre baixa geralmente à tarde, cansaço, falta de apetite, perda de peso, fraqueza e suor noturno. A tuberculose tem cura e o tratamento dura seis meses, sendo feito à base de antibióticos. É gratuito e está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS).

Telefones úteis