Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
 Semana da Saúde: mais de 4 mil atendimentos realizados na manhã do segundo dia do evento 24/11/2021 Semana da Saúde: mais de 4 mil atendimentos realizados na manhã do segundo dia do evento Governo do Estado oferece serviços gratuitos até quinta-feira, das 8h às 16h, no Largo da Carioca

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) está realizando no Largo da Carioca, no Centro do Rio, a Semana da Saúde, maior evento de saúde pública do estado. O evento, que começou ontem (23) e vai até quinta-feira (25), realizou 4.119 atendimentos apenas na manhã de hoje (24), 80% a mais do que o registrado na manhã do primeiro dia da ação. Os serviços são oferecidos das 8h às 16h.

- Estamos muito felizes com a adesão ao evento. Tivemos um grande aumento na procura dos atendimentos na manhã de hoje. Quem ainda não esteve no Largo da Carioca para passar pelos serviços ainda dá tempo. O evento vai até amanhã e tem muitos serviços para a população - destacou o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe.

A Semana da Saúde oferece aferição de pressão, testes de glicose, para detecção de Covid-19, rápidos de hepatite B e C, sífilis e HIV, além de exames de alergia e de função pulmonar. No local, também há atendimentos clínicos dermatológicos para avaliação de hanseníase. Homens a partir de 50 anos ou com histórico de câncer de próstata na família podem realizar consulta com urologista e teste de PSA no estande da Saúde do Homem.

Milton Ferreira, de 69 anos, mora no Recreio dos Bandeirantes e veio ao Centro do Rio após ouvir sobre a ação no rádio. É a primeira vez que ele participa da Semana da Saúde, mas a terceira que realiza o exame de próstata.

– Eu ouvi no rádio sobre o evento e vim para cá. Eu sempre fiz pouco caso com esse exame, sem-vergonhice mesmo! Eu tenho acesso à informação e sei que a prevenção é importante. Agora vou procurar um médico para fazer mais exames – afirmou o aposentado.

O evento também reforça a importância da população ajudar a salvar vidas. Seja doando sangue no estande do Hemorio ou recebendo informações de como ser um doador de órgãos com o Programa Estadual de Transplantes (PET). Na manhã de hoje, foram realizados 113 cadastros e 91 coletas de bolsas de sangue no estande do Hemorio.

Atleta de motocross, Gabriel Montenegro, de 29 anos, tinha 23 anos quando sofreu a síndrome rabdomiólise durante uma competição. Ele precisou de transplante de fígado de emergência. Foi internado 58 dias, ficou 26 dias em coma, chegou a pesar 54 quilos. Precisou reaprender a andar, fez fisioterapia, usou medicamentos e reconquistou seu condicionamento físico. Hoje, até voltou a competir. Ele passou pela Semana da Saúde para ajudar na campanha, contando a sua história.

- Hoje, tenho uma performance superior à que tinha antes. Quando eu soube que tinha sido transplantado, também achei que poderia ter uma vida com limitações, mas não. Atualmente, tenho um ritmo normal. Vimos muitas pessoas sofrendo, entre a vida e a morte na pandemia. É preciso pensar mais no outro, ter empatia. Essa conscientização é fundamental – ressaltou ele.

Combate à Dengue - Diante da aproximação do verão e do período de chuvas frequentes, a Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde levou a sua equipe para o Largo da Carioca para alertar a população sobre a importância do combate a doenças como dengue, zika e chikungunya.

Vacinação - Estão disponíveis a primeira e a segunda doses para pessoas com 12 anos ou mais. Também será possível receber a dose de reforço aquelas pessoas que tenham 18 anos ou mais e cinco meses que receberam a segunda dose.

Parceria - A ação é uma parceria entre a SES e TV Band e a BandNews e conta ainda com o apoio das Drogaria Venancio, Hemorio, Medlevensohn, Cruz Vermelha, Brasil Sem Alergia, Grupo Rão, Guaravita, Claro e Águas do Rio.

Telefones úteis