Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Mais de 2 mil atendimentos são realizados na parte da manhã do primeiro dia da Semana da Saúde 23/11/2021 Mais de 2 mil atendimentos são realizados na parte da manhã do primeiro dia da Semana da Saúde Evento ocorre até quinta-feira, das 8h às 16h, no Largo da Carioca

A décima primeira edição da Semana da Saúde, realizada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), começou com muita animação nesta terça-feira (23.11) no Largo da Carioca, no Centro do Rio. Até as 12h, foram realizados 2.275 atendimentos, além de apresentações dos ritmistas do Salgueiro e do cantor Xande de Pilares. O evento, que é a maior ação de saúde pública do estado, acontece até quinta-feira, das 8h às 16h.

- Depois de um ano sem realizamos a Semana da Saúde por causa da Covid, estamos trazendo de volta os serviços de saúde para mais perto da população. Temos certeza de que essa edição será um sucesso porque toda a equipe da SES está empenhada para a realização dos atendimentos - destacou o secretário de Saúde, Alexandre Chieppe.

Mais de 10 mil atendimentos estão previstos para os três dias de evento. São exames de urologia e teste de PSA, aferição de pressão e testes de glicose e para detecção de Covid-19. Também serão realizados testes rápidos de hepatite B e C, sífilis e HIV, exames de alergia e de função pulmonar e atendimentos clínicos dermatológicos para avaliação de hanseníase.

O rodoviário Souza Rezende, de 59 anos, acordou às 5h para ir até o Largo da Carioca e realizar o exame de PSA.

- Eu dou muita importância para cuidar da saúde. Nunca fiz esse exame, mas sempre quis fazer porque sei o quanto é importante. Vou aproveitar e fazer outros exames e depois levar tudo para um cardiologista avaliar - destacou ele.

Quem passa pelo local pode ainda receber imunização contra a Covid-19. A população também pode ajudar a salvar vidas doando sangue ou recebendo informações de como ser um doador de órgãos.

Fiscal da Comlurb Ricardo Araújo, de 58 anos, se surpreendeu que sua glicose estava alta ao realizar o teste.

- Esse resultado me acendeu o alerta. Já vou sair daqui e começar a mudar meus hábitos e vou procurar ajuda médica. Vim também doar sangue, fazer, PSA e aferir a pressão. Eu me cuido, não bebo e não fumo - reforçou ele.

Doação de sangue - Para doar sangue, é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50kg, estar bem de saúde e portar um documento de identidade oficial com foto. Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais e devem portar ainda um documento de identidade do responsável. Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ingerir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

Saúde do homem - Para realizar o atendimento, é preciso ter mais de 50 anos ou histórico de casos de câncer de próstata na família.

Vacinação - Estão disponíveis a primeira e segunda dose para pessoas com 12 anos ou mais. Também será possível receber a dose de reforço aquelas pessoas que tenham 18 anos ou mais e cinco meses que receberam a segunda dose.

Cuidados com a Covid-19 - No interior do evento, será obrigatório o uso de máscara de proteção individual tanto nos espaços fechados quanto nos espaços abertos. Além disso, foram instalados totens com álcool em gel na área externa do evento. Uma equipe ficará circulando pela praça para dar informações, distribuir máscaras de proteção e borrifar álcool nas mãos das pessoas presentes no local.

Parceria - A ação é uma parceria entre a SES e TV Band e a BandNews e conta ainda com o apoio das Drogarias Venancio, Hemorio, Medlevenshon, Cruz Vermelha Brasileira Filial Rio de Janeiro, Brasil Sem Alergia, Grupo Rão, Claro e Águas do Rio.

Telefones úteis