Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
SES lança programa de atenção à saúde primária 08/07/2019 SES lança programa de atenção à saúde primária O PlanificaSUS vai capacitar profissionais em todo o Estado para cuidados básicos de saúde

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro iniciou, nesta segunda-feira (08/07), o PlanificaSUS, uma nova operacionalização de gestão da Atenção Primária à Saúde.

O Médio Paraíba foi a região do estado escolhida para ser o piloto do projeto. Mais de três mil profissionais de saúde já começaram a ser capacitados só nos municípios de Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda – que será o polo para Atenção Ambulatorial Especializada.

Para o Secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, o projeto pretende focar na coordenação do cuidado aos pacientes pela atenção primária e servirá como piloto para outras regiões.

“Apoiar a atenção básica é fortalecer todo o sistema público de saúde. O lançamento do PlanificaSUS no Rio é mais uma medida tomada pelo governo para melhorar a saúde da população. O projeto prevê que os profissionais capacitados nesta etapa sejam multiplicadores. Ao todo, investimos mais de R$ 172 milhões em atenção básica para os municípios neste primeiro semestre”, explica.

Parceria da SES com o Hospital Israelita Albert Einstein e o Ministério da Saúde, através do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), o PlanificaSUS tem como objetivo desenvolver protocolos adequados para a prevenção da diabetes mellitus, hipertensão arterial, sedentarismo e a obesidade, agravos com grandes taxas de mortalidade no Estado. A capacitação das equipes de saúde da família e da atenção ambulatorial especializada será por meio de oficinas e aplicação de ações inovadoras em saúde, além de repensar um melhor cuidado dos pacientes de forma contínua e integral.

Subsecretária estadual de Gestão da Atenção Integral à Saúde, Mariana Scardua destacou como a integração entre municípios e estado é importante para a melhora de indicadores de saúde no Rio.

“Vejo o PlanificaSUS como uma oportunidade de envolvermos gestores e profissionais de saúde no fortalecimento da rede de atenção às doenças crônicas, contando com o apoio do Ministério da Saúde e hospitais de excelência. Nós estamos comprometidos e queremos participar mais ativamente da rotina de quem está na ponta, cuidando das pessoas, pois serão eles que colocarão o programa em prática de verdade. Juntos, iremos construir um novo desenho de rede, desde atenção primária até a atenção especializada, melhorando o acesso da população aos serviços”, explicou.

Para o coordenador do projeto PlanificaSUS do Hospital Israelita Albert Einstein e um dos palestrantes das oficinas, Márcio Paresque, a iniciativa significa uma mudança de como se operacionaliza a saúde no dia a dia.

“Migramos de um modelo de atenção que remediava eventos agudos dos pacientes para um que previne, cuida das condições crônicas. O PlanificaSUS é a mudança de uma gestão de oferta de serviços para uma que olha para as pessoas, analisando as reais necessidades do usuário. E essa não é uma decisão simples de ser tomada num começo de governo, mas que vem com muito empenho e acredito que terá sucesso e os resultados serão produtivos”, disse.

Os profissionais treinados nas oficinas retornarão aos seus municípios no papel de multiplicadores, disseminando para seus colegas o novo modelo de gestão da saúde básica. A previsão é que todo o Médio Paraíba esteja capacitado até dezembro de 2020. Até junho deste ano, a SES investiu mais de R$ 172 milhões em atenção básica para os municípios.

O evento de lançamento aconteceu no campus da Universidade Federal Fluminense (UFF), em Volta Redonda, e contou com a presença da subsecretária estadual de Gestão da Atenção Integral à Saúde, Mariana Scardua; o coordenador do projeto PlanificaSUS do Hospital Israelita Albert Einstein, Márcio Paresque; a presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do RJ, Maria da Conceição Rocha; secretários municipais de Saúde da região; e representantes da Prefeitura de Volta Redonda e do Conselho Estadual de Saúde.

Telefones úteis