Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
HTO Baixada celebra dois anos e 8 mil cirurgias ortopédicas realizadas 02/07/2019 HTO Baixada celebra dois anos e 8 mil cirurgias ortopédicas realizadas No período, foram mais de 33 mil consultas na unidade que é referência em traumatologia. Hospital também possui um CTQ, que presta atendimento especializado a pessoas com queimaduras

Referência no atendimento ortopédico na Baixada Fluminense, o Hospital Estadual de Traumatologia e Ortopedia Vereador Melchiades Calazans completa nesta semana dois anos de funcionamento. Localizado em Nilópolis, o HTO Baixada já realizou, neste período, oito mil cirurgias e mais de 33 mil consultas, atendendo moradores da região e de todo o Estado.

Para o secretário Edmar Santos, a unidade é fundamental para reduzir a ocupação de leitos de hospitais da região.

“A especialidade do HTO faz com que importantes unidades da região, como o da Posse, em Nova Iguaçu, e o Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, reduzam em cerca de 60% a ocupação de leitos para procedimentos ortopédicos. Além disso, é referência também no atendimento às vítimas de queimaduras”, explica.

Atualmente, o HTO atua com 78 leitos de enfermaria, 8 leitos de Centro de Tratamento de Queimados, 6 leitos de Centro de Tratamento Intensivo, 6 salas cirúrgicas e 4 leitos de Recuperação pós-anestésica. São realizadas consultas ambulatoriais e assistência pré e pós-operatória de cirurgias ortopédicas. Além disso, o hospital possui um moderno centro de imagem computadorizado que realiza exames de ecocardiograma, eletrocardiograma e ultrassonografia. Os exames laboratoriais realizados ultrapassam a marca de 178 mil e os de raio-x já somam 27 mil.

O HTO Baixada conta também com um Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) que, desde a inauguração, já realizou mais de 130 atendimentos a pacientes vítimas de queimaduras de alta complexidade. A unidade possui enfermarias adulta e pediátrica e equipe formada por cirurgiões, cirurgiões plásticos, anestesistas, enfermeiros e fisioterapeutas.

Telefones úteis