Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Ambulatório do IASERJ realiza 80 testes rápidos de HIV por mês e tem 90% de adesão 30/11/2018 Ambulatório do IASERJ realiza 80 testes rápidos de HIV por mês e tem 90% de adesão Exame fica pronto em poucos minutos e sigilo é garantido ao paciente

Em um exame rápido, de apenas 20 minutos, é possível saber se a pessoa é portadora ou não de HIV. O teste é oferecido no Ambulatório do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro (IASERJ), no Maracanã. A unidade também disponibiliza o tratamento contra a doença e atualmente possui 700 pacientes cadastrados. O ambulatório realiza por mês cerca de 80 testes e oferece uma equipe multiprofissional para acolhimento dos enfermos, medicação e exames. Entre os detectados como positivos, 90% dos pacientes têm adesão ao tratamento de HIV.

O teste é sigiloso e é a porta de entrada para o tratamento no Centro de Testagem Anônima (CTA) do ambulatório do IASERJ ou pelo Serviço de Atendimento Especializado em HIV/Aids (SAI) dos municípios da Baixada Fluminense.

Com a identificação do portador do vírus, com o teste rápido, o paciente pode iniciar o tratamento no ambulatório em até sete dias ou ser encaminhado para uma Clínica da Família mais próxima de sua residência. Depois de estabilizado, o paciente realiza duas consultas por ano para controle da doença. Hoje, cerca de 75% dos atendidos pelo ambulatório são moradores do município do Rio e os demais, de diferentes partes do estado, principalmente, da Região Metropolitana I. Atualmente, cerca de 82 mil pessoas estão em tratamento de HIV/Aids no estado do Rio.

- Temos uma equipe multiprofissional que conta com médico, enfermeiro, farmacêutico, psicólogo, nutricionista, assistente social e técnico de enfermagem. Essa equipe promove uma atenção integral ao paciente, desde a confirmação da doença ao tratamento. Oferecemos também medicação e exames como hemograma, função renal, testagem de glicose e colesterol, entre outros, além de encaminhamento para contagem de carga viral e exame de linfócitos T C D4 – explica o coordenador do ambulatório em HIV/Aids do IASERJ, Jadir Neto

Um diferencial do ambulatório é o trabalho do navegador, o profissional responsável em manter a adesão dos pacientes ao tratamento. Ele organiza palestras sobre a doença, sabe quem não retirou a medicação e faltou a consulta. Quando isso ocorre, ele atua para reduzir a desistência ao tratamento.

O ambulatório do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro (IASERJ) fica na Rua Jaceguai, s/nº, no Maracanã.

Quer ver mais conteúdos em Notícias?
Telefones úteis