Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Colégio no Centro do Rio recebeu Dezinho nesta sexta-feira (27/10) 27/10/2017 Colégio no Centro do Rio recebeu Dezinho nesta sexta-feira (27/10) Na Semana Nacional de Mobilização de Combate ao Aedes aegypti, o personagem criado pela SES reforçou a importância da eliminação dos focos do mosquito

Os alunos do Colégio Estadual Júlia Kubitschek, no Centro do Rio, receberam com muita animação, na manhã desta sexta-feira (27/10), o Dezinho, personagem criado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) para o combate ao Aedes aegypti. Entre fotos e muita dança, Dezinho fez o alerta: é preciso se conscientizar para eliminar doenças como dengue, zika e a chikungunya. Uma palestra, com a participação do secretário de Estado de Saúde, reforçou a importância do tema.

- A gente precisa atuar na prevenção. Esses jovens conscientizados se tornam multiplicadores no combate à doença, não só por meio da prática, vistoriando suas casas, mas levando a informação para suas famílias e amigos e ajudando a salvar vidas. Estes alunos são peças fundamentais para a mudança do nosso futuro – destaca o secretário Luiz Antonio Teixeira Jr.

A direção do Colégio, que também é voltado para a formação de professores, reforçou a importância de escolas receberem essa ação da Secretaria de Estado de Saúde.

- Essa parceria entre Educação e Saúde é muito importante porque prevenir também é educar. Os nossos alunos vão levar o que aprenderam para os bairros onde moram. Nossa escola recebe alunos de diferentes regiões do Rio, ou seja, esse conhecimento vai se multiplicar pela cidade. Como uma escola de formação de professores, eles também levarão para a vida profissional e poderão repassar esse conhecimento aos seus futuros alunos – reforça Carmem Pontes da Costa, diretora da unidade.

Após assistirem atentos à palestra comandada pelo subsecretário de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe, os alunos tiveram a certeza que voltarão com uma lição de casa especial: não deixar água parada e eliminar, por meio de atitudes simples, os focos do mosquito em suas residências.

- Foi muito bom participar, aprendi coisas que não sabia sobre como eliminar o mosquito. Pudemos ter uma noção do que é preciso fazer e assim que eu chegar em casa já vou mexer nos vasos de plantas e ver se tem alguma garrafa ou pneu acumulando água – comenta Luiz Almeira, aluno do 3º ano do Ensino Médio e que ainda tirou o Dezinho para dançar.

Durante o evento o secretário de Estado Luiz Antonio conheceu o projeto ‘Pedalada Energética’, que está concorrendo ao Prêmio Shell de Educação Científica na categoria Ensino Médio. A iniciativa tem como objetivo gerar energia elétrica através do uso de uma bicicleta adaptada com um conector para celular. Quanto mais pedaladas o aluno dá, mais energia ele gera para carregar o celular. O projeto foi criado pelo professor Jackson Romualdo Machado e alunos do 2º ano do Ensino Médio.

Outras ações de combate à Dengue – O pátio da sede da Secretaria de Estado de Saúde, no Centro do Rio, também virou palco para a conscientização contra o mosquito. Ao longo da semana, o público recebeu orientações de como eliminar os focos e materiais informativos com check list e jogos. Ainda foi possível observar, através de um microscópio, os ovos e as larvas do mosquito, e entender o ciclo de vida do Aedes aegypti.

Dados – Até o dia 10 de outubro desse ano foram notificados 9.280 casos de dengue no estado do Rio de Janeiro. Em todo o ano de 2016 foram notificados 85.283 casos suspeitos da doença no RJ. As notificações foram compiladas a partir dos dados inseridos no Sistema Nacional de Agravos de Notificação (Sinan) pelos municípios de todo o estado.

- O mosquito tem um ciclo semanal. Então não custa tirar dez minutinhos, uma vez por semana, para procurar e neutralizar os focos dentro de casa. Cerca de 90% dos locais propícios para a reprodução do Aedes aegypti estão em imóveis residenciais. A prevenção ainda é a forma mais eficiente de se combater o vetor – destaca o subsecretário de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe.

Dezinho Contra o Aedes – Criado pela Secretaria de Estado de Saúde, o personagem Dezinho tem como objetivo a mobilização da sociedade, com foco voltados para as crianças. O menino herói ganhou vida pelo traço do ilustrador e designer Luciano Freitas, da equipe da SES, e o objetivo é que possa ser utilizado por todas as prefeituras e outros órgãos que queiram promover o engajamento em ações de vigilância em Saúde.

Saiba mais sobre como combater o mosquito e informe-se sobre as doenças que ele transmite em www.riocontraoaedes.com.br ou bit.ly/dezinho. No site ainda é possível encontrar material para download, assim como tirinhas em quadrinhos com as aventuras do Dezinho e sua família, GIFs animadas e vídeos, para postar nas redes sociais e compartilhar pelo Whatsapp. Tudo com dicas de como combater o mosquito no dia a dia.

Telefones úteis