Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
10+
07/08/2017 10 coisas que você precisa saber sobre colesterol

Quando a palavra colesterol é mencionada, logo se acende o alerta. Mas, apesar da má fama, acredite, ele é essencial para que o corpo humano funcione bem. Só que, para isso, é preciso que seus níveis estejam controlados. A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia lista 10 coisas que você precisa estar ciente sobre o assunto. Veja só:

10 coisas que você precisa saber sobre colesterol

1. O colesterol é um tipo de gordura encontrado naturalmente no organismo humano. Ele é fundamental para o funcionamento normal do corpo, sendo o componente estrutural das membranas celulares em todo nosso corpo. Ele está no cérebro, nervos, músculos, pele, fígado, intestinos e coração;

2. É através dele que o corpo humano produz vários hormônios, vitamina D e ácidos biliares que ajudam na digestão das gorduras. Cerca de 70% do colesterol é produzido pelo organismo, no fígado, enquanto os outros 30% são provenientes da dieta;

3. Há dois tipos de colesterol: o HDL, conhecido como colesterol bom e o LDL, chamado de colesterol ruim. O HDL forma uma classe de lipoproteínas que ajuda a carregar o colesterol do ateroma dentro das artérias e transportá-lo de volta ao fígado para ser excretado. Já o LDL transporta o colesterol de células, que mais produzem do que usam, para as que mais necessitam. Este tem relação com doenças cardíacas;

4. Quando a taxa de colesterol está alta significa que ele pode se depositar nas paredes das artérias, provocando a arteriosclerose. Se tal depósito ocorrer nas artérias coronárias, pode ocasionar a angina (dor no peito) e infarto do miocárdio. Se ocorrer nas artérias cerebrais, pode provocar acidente vascular cerebral, conhecido popularmente como derrame;

5. Para que os níveis de colesterol fiquem controlados, o ideal é manter uma vida saudável com a prática de atividades físicas e evitar comer alimentos gordurosos. Parar de fumar também ajuda neste controle;

6. Mas quais alimentos aumentam o colesterol? Gema de ovo, bacon ou toucinho, carne de frango com pele, torresmo, manteiga, creme de leite e nata, frituras, salsicha e linguiça e carnes vermelhas são os principais;

7. Colesterol alto não provoca sintomas. Em casos excepcionais, podem aparecer os chamados xantomas, que são sinais decorrentes do acúmulo de colesterol na pele. Quando os níveis estão muito altos, pode haver um aumento no fígado, no baço e sintomas de pancreatite;

8. As taxas de colesterol apontadas em exames se referem à soma do bom colesterol (HDL) com o mau colesterol (LDL). Essa taxa é considerada boa quando está abaixo de 200, suspeita quando está entre 201 e 239 e elevada quando está acima de 240;

9. E quais são as causas para a alteração do colesterol? Pode ser um fator genético, quando a pessoa tem genes que determinam essa alteração; a alimentação, já que comida gordurosa contribui para o aumento dos níveis; ou a existência de doenças como hipotireoidismo, diabetes e doenças nos rins;

10. Para mudar a alimentação em busca do controle do colesterol, opte por leite e iogurte desnatados, queijo branco fresco, ricota, “cottage”, queijos “light”, peixes, aves sem pele, carnes magras, inhame, macarrão, pães, bolachas integrais, evitando sempre gordura em excesso. O tratamento das alterações do colesterol deve ser mantido por toda a vida. Tanto os cuidados com a alimentação e exercícios, como o uso de medicamentos, deverão ser empregados por tempo indeterminados.

continue lendo
Telefones úteis