Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Setores da Saúde
Vigilância em Saúde
Vigilância Sanitária
Cidadão
Você Sabia
Vigilância Sanitária
Você Sabia
23/05/2017 HIV: teste ganha registro da Anvisa e será vendido nas farmácias Resultado leva cerca de 20 minutos para aparecer

HIV: teste ganha registro da Anvisa e será vendido nas farmácias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou recentemente o primeiro autoteste para triagem do HIV. Isso significa que, em breve, o público em geral poderá recorre às farmácias e comprar o produto que, no Brasil, será chamado de Action, da empresa Orangelife Comércio e Indústria. O teste funciona com a coleta de gotas de sangue, semelhante aos testes para medição de glicose por diabéticos.

Em 20 minutos a pessoa poderá certificar se há ou não a presença do anticorpo do vírus HIV que será indicado em forma de linhas. Se houver, significa que a pessoa foi exposta ao vírus que provoca a Aids.

É importante ressaltar que, apesar de o autoteste demonstrar sensibilidade e efetividade de 99,9% o produto só é capaz de indicar a presença do HIV 30 dias depois da situação de exposição. Esse é o tempo que o organismo leva para produzir anticorpos em níveis que o autoteste consegue detectar. Ou seja, se o resultado for negativo, é recomendável que o teste seja repetido 30 dias depois e outra vez depois de mais 30 até completar 120 dias após a primeira exposição.

Porém, se o resultado for positivo, a pessoa precisa procurar um serviço de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) para confirmação com testes laboratoriais e encaminhamento para o tratamento gratuito adequado.

O autoteste deve conter em suas instruções de uso a indicação de um canal de comunicação para atendimento dos usuários que funcione 24 horas por dia e o número do Disque Saúde.

Telefones úteis