Fechar rede
Siga-nos
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Menu
Home Busca Menu Redes
Gripe: RJ vacina cerca de 80% do público alvo contra a gripe 13/06/2017 Gripe: RJ vacina cerca de 80% do público alvo contra a gripe Orientação para os municípios que não atingiram a meta é a manutenção da oferta da vacina para a população

 A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe imunizou 3.632.803 pessoas, de acordo com as informações repassadas ao Estado pelas prefeituras até esta terça-feira, 13/6, o que representa 79,76% da população que compõe o público-alvo para a imunização. Por conta da baixa adesão em todo o país, a campanha foi prorrogada até a última sexta-feira, dia 9 de junho, pelo Ministério da Saúde. No RJ, a orientação da Secretaria de Estado de Saúde é para que os municípios que não atingiram a meta de vacinar 90% do público alvo continuem a disponibilizar a vacina para a população, mesmo com o fim da campanha.

Apenas 19 dos 92 municípios atingiram a meta indicada pelo Ministério da Saúde. Em outras 14 cidades, a cobertura ficou abaixo dos 50%. Os demais 59 municípios tiveram percentual entre 50% e 89%. Entre os grupos prioritários, os menores percentuais de imunização são as crianças com idades a partir de 6 meses e menores de cinco anos (53,84%, o que representa 507.833 crianças vacinadas) e as gestantes (57,67%, o que representa 101.030 pessoas imunizadas).

- A vacina contra a gripe é segura e é uma medida preventiva fundamental. Por isso, a orientação do Estado é para que os municípios que ainda dispõem de vacinas em seus estoques continuem a imunizar as pessoas que busquem os postos de saúde. A gripe é uma doença considerada simples, mas que pode evoluir para casos graves, principalmente entre os grupos prioritários, portanto, esperamos que aqueles que ainda não se vacinaram ou não levaram seus filhos a uma unidade de saúde não deixem de procurar uma unidade de saúde – reforça o secretário estadual de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr.

A vacina contra a gripe imuniza contra os três principais subtipos de vírus da gripe que estão em circulação – até o momento, o RJ recebeu 45 notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo dez causadas pelo vírus Influenza B e três, pelo vírus H1N1.

- Neste ano, estamos observando o aumento da circulação do vírus Influenza B. A vacina é a forma mais eficiente e segura de se proteger contra a doença, que pode evoluir para casos mais graves entre os grupos prioritários, mais suscetíveis às complicações que a gripe pode causar – explica Alexandre Chieppe, subsecretário de Vigilância em Saúde.da SES.

Prevenção - A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). Cuidados simples podem evitar a contaminação, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração (cansaço extremo).

Quer ver mais conteúdos em Notícias?
Telefones úteis